Rita Luciano

Rita de Cassia Luciano. Nasceu em Florestópolis-PR e mudou-se para Brodowski-SP em 1987, autodidata, começou sua carreira artística aos 13 anos, desenhando em paredes da escola e de sua própria casa, além de capas de cadernos de amigos. Com a vida adulta, casada e com filhos, parou de desenhar e pintar por conta dos compromissos domésticos. Voltou em 2008, participando de Oficinas Culturais na APAE de Brodowski e em várias escolas do município, também de inúmeras exposições incentivadas pelo museu Casa de Portinari. Desde então procurou evoluir, experimentando diversas técnicas e materiais na realização de seus trabalhos.

 

Obra: MDF Empreendimentos. Ribeirão Preto, SP.
Técnica mista, materiais de construção. Formato: 40×60. Data: 2020. Artista: Rita Luciano.

 

Obra: Hospital São Jorge. Barretos, SP.
Técnica mista, materiais de construção. Formato: 40×60. Data: 2020. Artista: Rita Luciano.

 

Obra: Hospital Universitário Sagrada Família / IMEPAC. Araguari, MG.
Técnica mista, materiais de construção. Formato: 40×60. Data: 2020. Artista: Rita Luciano.

 

Obra: McLaw. Arceburgo, MG.
Técnica mista, materiais de construção. Formato: 40×60. Data: 2020. Artista: Rita Luciano.

 

 

 

 

Rafael Mandu

Rafael Mandu, 31 anos, professor e artista plástico é formado em Educação Artística pelo Centro Universitário Barão de Mauá. Em 2016 administrou Oficinas de Arte como professor e coordenador de pintura no Museu Casa de Portinari. Desenhista, pintor, escultor e gravador tem como proposta divulgar a arte em suas diversa formas utilizando as diversas mídias que possibilitem a utilização de sua técnica na promoção da arte.

 

Obra: Base Compartilhada de Combustíveis. Ribeirão Preto, SP.
Técnica: Tinta acrílica, tinta fluorescente e caneta posca sobre tela. Formato: 40×60. Data: 2020. Artista: Rafael Mandu.

 

Obra Residencial. Ribeirão Preto, SP.
Técnica: Tinta acrílica, tinta fluorescente e caneta posca sobre tela. Formato: 40×60. Data: 2020. Artista: Rafael Mandu.

 

Passarela Gelco. Franca, SP.
Técnica: Tinta acrílica, tinta fluorescente e caneta posca sobre tela. Formato: 40×60. Data: 2020. Artista: Rafael Mandu.

 

Obra: Hospital Universitário Sagrada Família / IMEPAC. Araguari, MG.
Técnica: Tinta acrílica, tinta fluorescente e caneta posca sobre tela. Formato: 40×60. Data: 2020. Artista: Rafael Mandu.

Aílton Rufato

Antonio Aílton Rufato, nascido em Brodowski, SP. É formado em Arte, Educação e Publicidade/Marketing; designer e restaurador. Começou com 7 anos de idade a desenhar e pintar, descobrindo aí seu talento. Realizou inúmeros projetos para desenvolvimento de atividades culturais no Museu Casa de Portinari. Já participou de diversas exposições de arte e foi premiado em alguns anos, tanto por críticos de arte quanto por “Votação popular”. Atualmente trabalha como Secretario A. Cultura do Município de Brodowski e se dedica ao desenvolvimento de atividades culturais em Brodowski, onde se envolveu em diversos projetos, dentre eles “Galeria a Céu Aberto”, “Férias no Museu” e Oficinas Culturais.

 

Obra: Casino Royale Resort. Poços de Caldas, MG.
Técnica: Acrílica sobre tela. Formato: 60×80. Data: 2020. Artista: Aílton Rufato.

 

Obra: Estacionamento Shopping Uberaba. Uberaba, MG.
Técnica: Acrílica sobre tela. Formato: 60×80. Data: 2020. Artista: Aílton Rufato.

 

Obra: Colégio Queiroz Brunelli. Ribeirão Preto, SP.
Técnica: Acrílica sobre tela. Formato: 60×80. Data: 2020. Artista: Aílton Rufato.

 

Obra: Centro de Distribuição Hidromar. Franca, SP.
Técnica: Acrílica sobre tela. Formato: 60×80. Data: 2020. Artista: Aílton Rufato.

 

 

 

 

 

 

 

Maria Soler

Maria Soler é natural de Bálsamo, Estado de São Paulo, residindo atualmente em Ribeirão Preto. Licenciou-se em Ciências Física e Biológicas, mas não dedicou-se à profissão, preferindo durante a infância dos seus três filhos dedicar-se a eles e ao lar. Quando todos já frequentavam o ensino fundamental, voltou aos bancos escolares e formou-se em Ciências Sociais e Jurídicas, excercendo a advocacia por alguns anos. Só então encontrou-se com a pintura e nunca mais a deixou. Começou com algumas aquarelas, depois o óleo, e finalmente elegeu a pintura em em acrílico sobre tela e também alguns outros materiais (madeira, barro, murais). Seus primeiros temas transfiguram paisagens percorridas na infância e personagens arquetípicos. Passeia de vez em quando por temas abstratos, e volta a expressar-se em formas figurativas. O que é constante na sua expressão são os variados matizes das cores com as quais transmite a harmonia delicada e vibrante que enxerga na natureza e nas pessoas.

 

 

Obra: Fábrica da Marka. Brodowski, SP.
Técnica: Pintura e manipulação digital. Formato: 30×40. Data: 2019. Artista: Maria Soler.

 

 

Obra: Supermercado Nori. Batatais, SP.
Técnica: Pintura e manipulação digital. Formato: 30×40. Data: 2019. Artista: Maria Soler.

 

 

Obra: Supermercado Copercana. Sertãozinho, SP.
Técnica: Acrílica sobre tela. Formato: 45×65. Data: 2019. Artista: Maria Soler.

 

 

Obra: Edifício Varanda Botânico / Lajes da torre com painéis alveolares. Ribeirão Preto, SP.
Técnica: Pintura e manipulação digital. Formato: 30×40. Data: 2019. Artista: Maria Soler.

 

 

Obra: Galpão para envelhecimento de cachaça / Cia Müller de Bebidas. Pirassununga, SP.
Técnica: Pintura e manipulação digital. Formato: 30×40. Data: 2019. Artista: Maria Soler.

 

 

Obra: Casino Royale Resort. Poços de Caldas, MG.
Técnica: Pintura e manipulação digital. Formato: 30×40. Data: 2019. Artista: Maria Soler.

 

 

Obra: Igreja Assembléia de Deus / Ministério de Belém. Rio Claro, SP.
Técnica: Pintura e manipulação digital. Formato: 30×40. Data: 2019. Artista: Maria Soler.

 

 

Obra: Edifício Varanda Botânico / Estrutura do estacionamento e área de lazer anexa à torre. Ribeirão Preto, SP.
Técnica: Pintura e manipulação digital. Formato: 30×40. Data: 2019. Artista: Maria Soler.

 

 

Obra: Marca Agro. Uberaba, MG.
Técnica: Pintura e manipulação digital. Formato: 30×40. Data: 2019. Artista: Maria Soler.

 

 

Obra: Usina Caçu / Galpão de armazenamento DDG de milho a granel. Vicentinópolis, GO.
Técnica: Pintura e manipulação digital. Formato: 30×40. Data: 2019. Artista: Maria Soler.

 

 

Obra: Arena Eurobike – Botafogo Futebol S/A. Ribeirão Preto, SP.
Técnica: Pintura e manipulação digital. Formato: 30×40. Data: 2019. Artista: Maria Soler.

 

 

Obra: MDF Empreendimentos. Ribeirão Preto, SP.
Técnica: Pintura e manipulação digital. Formato: 30×40. Data: 2019. Artista: Maria Soler.

 

 

 

 

 

Paulo César Pereira

Paulo Cesar Pereira dos Santos, nasceu em Franca em 1954, onde viveu até meados dos anos 70, quando mudou-se para São Paulo. Como artista plástico participou de vários eventos entre os quais o XXXV Salão de Artes Plásticas de Pernambuco, com a série “Tapumes”, da qual faz parte a obra pertencente a este acervo. Recebeu Prêmio Aquisição nos Salões de Franca (1981 e 1983) e Ribeirão Preto (1982). Ainda em 1982 expôs individualmente na Pinacoteca Municipal de Franca. Em 1985 participou de uma mostra de artistas francanos organizada pelo Laboratório das Artes na Livraria Neon, em São Paulo. Contratado pela Editora Ática, exerceu por vários anos as funções de ilustrador, designer e editor de arte. Atualmente, tem como clientes algumas das principais editoras de livros didáticos do país, entre elas Saraiva, Moderna, FTD, SM, DCL, Editora do Brasil, Nova Geração, Scipione, Ática, Paulinas, Thomson Learning. Colabora também para as revistas “Scientific American” (edição brasileira) e “Mente e Cérebro”.

 

 

Obra: Vigas I / HBP Simisa. Sertãozinho, SP.
Técnica: Acrílica sobre tela. Formato: 33×43. Data: 2012. Artista: Paulo César Pereira.

Geraldo Lara

O artista plástico Geraldo Lara, nasceu em 1957 na cidade de São Joaquim da Barra – SP e faleceu em 2015. Pesquisador das artes plásticas, atuou como gravurista, pintor e ceramista. Estudou arte na Fundação de Arte de Ouro Preto no período de 1982 a 1987. Desde então exerceu intensa atividade no meio artístico, participando de vários Salões e Coletivas, além de exposições individuais. Somou a estas atividades, a de docente, junto às Universidades da região de Ribeirão Preto, com vários projetos e instalações, orientando alunos no desenvolvimento artístico e expressivo.

 

 

Obra: Hospital Veterinário Unifran. Franca, SP.
Técnica: Nanquim sobre papel. Formato: 45×52. Data: 2012. Artista: Geraldo Lara.

Rodolfo Chiaverini

Rodolfo Chiaverini Neto nasceu em 1939, em Jardinópolis (SP). Médico formado pela USP de Ribeirão Preto em 1963, cidade onde também estudou desenho com Antônio Pallocci, tornou-se pintor a partir dos anos 1970, tendo participado de diversas exposições em Franca e região.

 

 

Obra: Produção Marka Soluções Pré-Fabricadas, Brodowski, SP.
Técnica: Óleo sobre tela. Formato: 60×90. Data: 2013. Artista: Rodolfo Chiaverini Neto.

 

 

Obra: Supermercado Amarelinha, Sertãozinho, SP.
Técnica: Óleo sobre tela. Formato: 60×90. Data: 2013. Artista: Rodolfo Chiaverini Neto.

 

 

Obra: Produção Marka Soluções Pré-Fabricadas, Brodowski, SP.
Técnica: Óleo sobre tela. Formato: 60×80. Data: 2013. Artista: Rodolfo Chiaverini Neto.

 

 

Obra: Usina Santo Antônio. Sertãozinho, SP.
Técnica: Óleo sobre tela. Formato: 83,5×103. Data: 2012. Artista: Rodolfo Chiaverini Neto.

 

 

 

Hélvio Lima

Hélvio Lima nasceu em Uberlândia (MG), cidade do Triângulo Mineiro, onde vive até hoje. Seu currículo como artista plástico apresenta mais de cinquenta exposições individuais e prêmios nacionais e internacionais, conquistados ao longo dos quarenta anos de uma carreira profícua e consistente, ao lado de uma laboriosa inquietação no mundo das letras, que o leva a escrever e publicar constantemente.

 

 

Obra: Bioenergia / Usina Santo Antônio. Sertãozinho, SP.
Técnica: Acrílica sobre tela. Formato: 39,5×49,5. Data: 2012. Artista: Hélvio Lima.

Mauro Ferreira

Mauro Ferreira nasceu em Franca, em 6 de janeiro de 1952. Mestre e doutor em arquitetura pela ESSC-USP, é professor da Universidade do Estado de Minas Gerais, campus de Passos. Durante a graduação, foi aluno de Cláudio Tozzi e Maurício Nogueira Lima, que influenciaram seu desenho. Foi um dos fundadores do Laboratório das Artes, nos anos 1980.

 

 

Obra: Shopping Território do Calçado, Jaú, SP.
Técnica: Pastel e nanquim sobre papel. Formato: 47×57. Data: 2012. Artista: Mauro Ferreira.

Jeferson Basílio

Jeferson Basílio nasceu em Fátima do Sul (MS), em 1982. Formou-se pela Unifran em Educação Artística no ano de 2006. Fez sua primeira exposição individual em 2011, no Laboratório das Artes e já participou de diversas exposições coletivas nos últimos anos, com ênfase em colagens e gravuras.

 

 

Obra: Central Energética Guaíra. Guaíra, SP.
Técnica: Pastel e lápis aquarelado sobre papel. Formato: 53,5×69,5. Data: 2012. Artista: Jeferson Basílio.

3 fotos